Vereadores mantêm por 9 votos a favor, o veto parcial do prefeito e aprovam Plano de Insalubridade do Demsur

joel4 (Copy)

joel (Copy)

Os vereadores da Câmara Municipal de Muriaé votaram ontem, dia 22, pela manutenção do veto parcial do prefeito Aloysio Aquino referente à Emenda, acrescida na aprovação do Projeto de Lei, em que incluía o cargo de assistente social, entre os beneficiados do Plano. O prefeito vetou a emenda e o Projeto retornou à Câmara para nova análise. Com a aceitação do veto pelos vereadores o Projeto de Lei foi encaminhando para a aprovação final e os servidores do Demsur já vão receber o benefício. Foram nove votos a favor, uma abstenção, e um contra. Colaboração: Assessoria de Comunicação

Ver Mais Notícias

23 Comments

    1. Ao Sr. José da verdade Meu nobre acho que você não conhece o trabalho do assistente social, deve estar pensando que o assistente social fica o dia todo dentro de um escritório, pois bem vou lhe esclarecer um pouco nosso trabalho, a maior parte do nosso trabalho é fazendo visitas em periferias á familias sem estrutura e ou sem as minimas condições de sobrevivencia, ademais temos contatos com pessoas com doenças de vários graus inclusive de periculosidade, acompanhamos familias a hospitais, corremos o risco de apanhar e ou sofrer alguma represália, corremos o risco de pegar uma doença, não reclamo pois foi a profissão que escolhi, escolhi servir ao proximo mesmo correndo todos estes riscos. agora vem você aqui dizer que não temos direitos, meu nobre passe uma semana dentro de um CRAS ou no conselho tutelar e depois tire as conclusões, agora você mandando o vereador estudar, você e quem precisa estudar não só conteúdo, más tem que voltar para a escola da vida e estudar mais um pouco de Humanismo e amor ao proximo.

  1. Eu também gostaria de saber quem votou contra o veto. Acho inclusive que o prefeito foi bem sensato quanto a vetar este absurdo, dar benefícios a quem não tem direito com dinheiro do contribuinte é um acinte. Será que consultaram a CLT e um Perito para verificar quem pode receber este benefício??? e tem outra, se a prefeitura ofertar e fazer cumprir a CLT fornecendo EPI’s o pagamento de Insalubridade se torna desnecessário. Será que os vereadores não acompanham noticiários em que Prefeituras de várias cidades estão gastando mais do que arrecadam ficando expostas a processos de vários tipos??

    1. Perdido, como vereador no meu 4º mandato e o mais votado na história de Muriaé, quero te fazer alguns esclarecimentos, no nosso município servidor publico é estatutário e não seletista, portanto, existe em nosso município várias assistente social que recebem o adicional de insalubridde como assistente social do NASF, CAPS, CREAS e dentre outras entidades, sendo desnecessário a CLT, somente a avaliação do engenheiro técnico, está criticando por não conhecer o trabalho tecnico do assistente social, que muitas das vezes trabalham em silencio pelo sigilo da profissão, ano que vem retornarei com minha emenda pois tenho plena convicção que tal profissional tem direito a este beneficio. em relação ao veto eu votei a favor pois, desconhecia que o assistente social do Densur só poderia ser avaliado depois de um ano de exercicio da profissão, obrigado pela critica construtiva quero dizer que continuarei trabalhando, meu gabinete está aberto a todos

  2. A insalubridade é para o exercício profissional que apresenta atividades insalubres.
    Caso vocês não tenham conhecimento trabalhamos com os mais vulneráveis, atendemos pessoas com doenças infectocontagiosas, tuberculose, ou melhor atendemos a todos que precisam.
    Por que o agente comunitário de saúde, agente de endemias, enfermeiros recebem insalubridade e o Assistente Social não? Quem faz visita domiciliar a essas pessoas é o Assistente Social e só ele não tem risco?
    Temos vários casos de agressão a assistentes sociais, no atendimento não existe triagem, atendemos a todos, venha de onde vier, com o que vier?
    Será que somos superheróis? Porque os outros profissionais podem receber e nós estamos imunes as doenças e riscos.
    Pensem bem.

    1. sabias palavras, amiga , vamos deixar de lado a ignorância e vamos discutir um pouco de politica publica, recentemente recebi a noticia de uma assistente social que foi agredida no exercício de sua função no nosso município, não estou defendendo somente uma assistente social, más sim uma classe de trabalhadores que lutam incansavelmente para garantir que os direitos da população sejam efetivados, eu como representante do povo em meu 4º mandato nunca votei contra os funcionários públicos, ao contrario sempre defendi e continuo defendendo, realmente como o Sr josé da verdade disse realmente não tenho estudos mais na escola da vida aprendi a valorizar as pessoas independente de sua classe ou religião somos todos iguais perante a lei como consta na constituição federal, quero deixar meu gabinete de portas abertas para receber qualquer cidadão, portanto, como representante do povo estou aberto as criticas e sugestões. um grande abraço a todos

  3. Aos Vereadores, venham subir o morro para fazer visitas, venham conhecer o nosso trabalho. Vai atender na Casa Acolhedora, Centro pop, ir pra rua fazer abordagem a população de rua. Isto sozinha, com a cara e a coragem. Sem ser época de eleição, este trabalho é diário, a gente não olha quem vai ser atendido, depois de muita conversa que sabemos o que o usuário tem.
    Vem conhecer

  4. Vereadores vetam, e sabem qual o trabalho do Assistente Social? não sabem porque acham que ficamos fazendo doação como vocês.
    Convido a todos a conhecerem o nosso trabalho!
    porque fazer visita de 4 em 4 anos é bem legal, mas todo dia, encarando tudo de cara limpa não é não.

  5. Se a popualção conhecesse de fato a atuação do Assistente Social, não acharia besteira votar um projeto de lei que prevê um piso salarial adequado para o profissional, muito menos direito à insalubridade, esta questão vem sendo discutida em nível nacional pela categoria.
    Um profissional que luta pela garaintia de direitos do usuário da assistência não pode ter seus próprios direitos lezados.
    Vamos prestar mais atenção à conjuntura política antes de falar bobagens.

  6. Fala sério vc José da verdade q no mínimo ñ sabe qual é o trabalho do assistente social estamos expostos a várias situaçoes insalubres fazemos visitas em áreas vulneráveis. Ñ sei em q vc se baseou pra fazer seu comentário sobre nossa profissão.

    1. Receber insalubridade por risco de agressões de pais, alunos jovens e delinquentes nas escolas públicas de Muriaé, região e Brasil, risco de todo tipo de doença, sem ser arrogante e desmerecer ninguém, os professores tem que estar nessa lista de insalubridade. Pois não é raro casos de agressões, professores com liçença por estresse, depressão e outras doenças. Algum vereador se habilita a fazer um projeto para incluir- nos ou acha que não é trabalho de risco? Pronto falei…..

  7. Não poderia deixar de fazer meu comentário, pois bem fui presidente do Conselho tutelar e de perto conheci o trabalho dos assistentes sociais, e de fato posso dizer que o trabalho é bem difícil pois fazem visitasse, relatórios e estudo técnico, mantém contatos com pessoas com doenças contagiosas, pessoas depressivas e agressivas não só as assistentes sociais como os conselheiros tutelares também tem o direito a insalubridade

  8. Não poderia deixar de fazer meu comentário, pois bem fui presidente do Conselho tutelar e de perto conheci o trabalho dos assistentes sociais, e de fato posso dizer que o trabalho é bem difícil pois fazem visitasse, relatórios e estudo técnico, mantém contatos com pessoas com doenças contagiosas, pessoas depressivas e agressivas não só as assistzentes sociais como os conselheiros tutelares tambem tem direito a este benefício, sem dúvida quem esta se doendo não tem o minimo de sensibilidade respeito com esta classe.

  9. Para os que não conhecem nosso trabalho, nossa categoria profissional passa horas lutando e mediando as relações de trabalho com população, políticas públicas escassas, governo e entre outros, buscamos garantir os direitos dos usuários que muitas vezes são esquecidos pelos governantes, atendemos usuários que chegam até nós cansados de terem seus direitos negados, principalmente no atual cenário global que estamos vivendo, realizamos visitas domiciliares nos lugares mais diversos, zona urbana e rural, em dias de sol e chuva, lidamos com a população vulnerável, somos profissionais essenciais para muitos acessos as políticas públicas, mas não somos reconhecidos, muito menos ganhamos salários dignos de tanta importância, para os que não conhecem deveriam nos dar a oportunidade.

  10. Gente vamos ser sinceros aonde que o assistente social ganha bem em muriae ? Pelo amor de Deus tudo quanto é bomba cai nao mao deles é nos hospitais é nas prefeituras e em qualquer lugar que ele trabalhe e depois veem querer tirar o poucos direitos que eles tem !!! Aff..

  11. Estão vendo, agora todo mundo que receber o salário Periculosidade, Isso é que dá pagar benefícios sem antes se fazer um estudo com especialistas tipo Engenheiro e Médico do Trabalho, Obrigado de nada.

  12. diante de tanta ignorância e falta de informação sobre o trabalho do assistente social, convido a todos que queiram saber sobre a profissão a passar pelo menos um dia com um profissional dessa area, fazendo visitas e atendimentos aos nossos usuários, e depois façam seus comentários se nosso serviço é insalubre ou não…
    Eu trabalho no cras e lido com pessoas perigosas, agressivas, dependentes quimicos e portadores de vários tipos de doenças todos os dias, faço coisas e vou em lugares q muitos não tem coragem de ir, por amor a profissão pois amo o que faço apesar de não ser valorizada. Antes de falar qualquer coisa, primeiro conheça o nosso trabalho para não falar besteira…

  13. E tem assistente social por ai que nao conhece o código de ética, está convidando a qualquer pessoa a passar o dia em seu ambiente de trabalho. Cadê o sigilo profissional? Atendimento e visitas domiciliares com qualquer um? Antes de falarem qualquer coisa, tenham embasamento teórico, metodológico.

  14. Essa discussão seria totalmente desnecessária se tivessem contratado um perito (Médico ou Engenheiro do Trabalho) para analisar não só os Assistentes Sociais, mas TODOS os cargos que foram contemplados com o adicional de insalubridade.

    Não adianta ficarem vereadores, prefeito, servidores e populares discutindo sobre um assunto que não possuem o menor conhecimento técnico.

    A questão é complexa e demanda conhecimento específico, pois não é somente o fato de executar atividades insalubres que gera direito ao adicional, mas sim que a função seja PREDOMINANTEMENTE insalubre, conforme preceitua a legislação pátria. Existem parâmetros que devem ser considerados objetivamente.

    Conceder benefícios a servidores (qualquer que seja o cargo) apenas por “achismo” e questões políticas acaba nisso daí…

    Aposto com convicção que se um perito analisasse todos os cargos da prefeitura e do DEMSUR faria alterações substanciais na concessão de adicionais. Com certeza vários cargos que não recebem tem o direito e vários outros que recebem deveriam perder.

    Fica então a dica: Antes de tomarem decisões, se fundamentem em laudos técnicos de profissionais habilitados. Isso encerrará qualquer controvérsia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *