PRF redobra a fiscalização nas estradas. Novos equipamentos estão sendo usados no controle da velocidade

A Polícia Rodoviária Federal, da Delegacia de Leopoldina, responsável pelo Posto Leopoldina, Muriaé e Fervedouro, intensificou as ações de controle de velocidade nas rodovias da região com o objetivo de proporcionar mais segurança a todos os usuários. 

De acordo com o Chefe de Operações da PRF, nesta região, Joel Guedes, o trabalho de controle de velocidade faz parte das diretrizes da PRF, de segurança no trânsito, e atende também a um programa da ONU, que terá ações em uma Década (2011/2020).

A PRF deixa claro que não é apenas uma operação, todas as delegacias do país vão trabalhar diariamente nesse sentido. A Delegacia de Leopoldina recebeu reforços de policiais e equipamentos novos, agora são quatro radares com profissionais treinados. Em uma das fotos, o flagra a 137 Km/h.

Ver Mais Notícias

19 Comments

  1. Máquina caça-níquel. Se estivessem realmente preoculpados com as pessoas, deveriam melhorar as estradas. o maior causador de acidentes é no momento da ultrapassagem por causa das estradas e muitos caminhões! Só investem onde da retorno financeiro!

    1. Meu prezado, a PRF está subordinada ao Ministério da Justiça, as questões relacionadas às estradas é atribuição do DNIT que está vinculado ao Ministério dos Transportes. Vamos separar as coisas.

  2. pena que não tenham força para colococar uma fiscalização eletronica que se exige ha anos nos trechos perigosos da BR 356 entre  MURIAÉ e PATROCINIO DO MURIAÉ …

  3. …. A de Leopoldina toda semana recupera veículo roubado, apreende veículo irregular e tudo mais… a de Muriaé, …..Sempre que passo lá em frente o posto dela tá tudo fechado, apagado, parecendo estar abandonado.

  4. Será que a PRF não tem equipamento pra verificar as péssimas condições das nossas estradas, será que a lente não mostra o mato encobrindo as placas de sinalizações???

    Tem trecho que o próprio radar e redutor de velocidade, são os buracos na pista. 

    1. Meu prezado, a PRF está subordinada ao Ministério da Justiça, as questões relacionadas às estradas é atribuição do DNIT que está vinculado ao Ministério dos Transportes. Vamos separar as coisas.

  5. Vamos ter que pedir aos fabricantes de veículos que retomem a fabricação do fusca, Fiat  147 , chevette e outros que não passavam dos 80km/h. Pra quê que os caras fabricam carros com mais de 200cv?. Kkkkkkk. E essas placas com limite de velocidade da década de 60 ??, e as estradas que sofreram alguma modificação no traçado e ainda continuam com as mesmas faixas?. Que dia que vão atualizar isso? ???

    1. Fabricam carros com 200cv para pessoas irresponsaveis – que nao tem capacidade mental de discernir entre uma viagem e uma corrida – e idiotas o suficiente para comprar um carro apenas porque ele é "superpotente".

  6. O DNIT  é res´ponsável pelas estradas  , em geral de nosso pais, mas a polícia  rodoviária ,  poderia muito bem ajudar os motoristas sim , fazendo notificações  a esse orgão , porque , os carros hoje andam mais , e as nossas estradas  não oferece  a segurança devida, principalmente as demarcações e sinalizações  no asfalto.,.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *