Reportagem Especial: 30 Anos de SUS. Em Muriaé Hospital São Paulo é referência regional

OUTROS HOSPITAIS DE MURIAÉ TAMBÉM SÃO CREDENCIADOS AO SUS, COMO O HOSPITAL DO CÂNCER E PRONTOCOR.  O Sistema Único de Saúde (SUS), é considerado um dos maiores do mundo e nesta três décadas de existência, pode se dizer que suas crises são mais destacadas nos anos 2000. “Uma das maiores conquistas do povo brasileiro, o SUS foi criado em 1988 pela Constituição Federal Brasileira, que determina que é dever do Estado garantir saúde a toda a população brasileira.

Mas, sua origem vem de antes, entre os anos de 1970 e de 1980, quando diversos grupos se engajaram no movimento sanitário, com o objetivo de pensar um sistema público para solucionar os problemas encontrados no atendimento da população defendendo o direito universal à saúde” ressalta a imprensa nacional destacando também que em um país de dimensão continental, os números do SUS impressionam.

Em 2016, mais de 1,5 milhão de cirurgias eletivas, possui cerca de 330 mil leitos conveniados e realizados e, por ano, realiza mais de 12 bilhões de internações e 4,2 bilhões de procedimentos ambulatórias. Ou seja, por ano, o Sistema Único de Saúde atende o equivalente à população da Espanha.

Em um país de 207,7 milhões de habitantes, mais de 160 milhões dependem única e exclusivamente do SUS. Portanto, defendê-lo, fortalecê-lo e amplia-lo é fundamental.

“Em seus 30 anos de existência, o SUS conquistou uma série de avanços para a saúde do nosso povo. Reconhecido internacionalmente, o Programa Nacional de Imunização (PNI), responsável por 98% do mercado de vacinas do país, é um dos destaques. O Brasil garante à população acesso gratuito a todas as vacinas recomendadas pela Organização Mundial de Saúde (OMS). Também é no SUS que ocorre o maior sistema público de transplantes de órgãos do mundo. Em 2016, mais de 90% dos transplantes realizados no Brasil foram financiados pelo SUS. Os pacientes possuem assistência integral e gratuita, incluindo exames preparatórios, cirurgia, acompanhamento e medicamentos pós-transplante.

Entre 2010 e 2016, houve aumento de 19% no número geral de transplantes, com destaque para quatro órgãos, além do coração: rim (aumento de 18%, passando de 4.660 para 5.492 transplantes); fígado (aumento de 34%, passando de 1.404 para 1.880); medula óssea (crescimento de 39%, saltando de 1.695 para 2.362); e pulmão (crescimento de 53%, passando de 60 para 92). Também dá assistência integral e totalmente gratuita para a população de portadores do HIV e doentes de Aids, renais crônicos, pacientes com câncer, tuberculose e hanseníase” ressalta a imprensa nacional.

NÚMEROS DO HSP DE MURIAÉ COM RELAÇÃO AOS ATENDIMENTOS DO SUS

Somente no Setor de Hemodiálise são 150 pacientes vindos de Muriaé e vários municípios da região. Ao todo são 1.800 sessões/mês, que são distribuídos três vezes por semana em 23 máquinas novas e modernas. É um dos princpais setores aqui da Zona da Mata, conforme informou à nossa reportagem o médico nefrologista, Dr. Ciro Lemos de Pádua.

“A Casa de Caridade de Muriaé – Hospital São Paulo, entidade filantrópica, sem fins lucrativos, atendendo uma população com mais de 1.000.000 de habitantes, referência para mais de 150 municípios, nos serviços de média e alta complexidade, realizando uma média de 80% de atendimentos ao SUS (Sistema Único de Saúde).

Único Hospital da região com Pronto Socorro Geral, aberto 24 horas, com médico na porta nas especialidades de: Pediatria, Clínica Médica, Clínica Cirúrgica, Obstetrícia/Ginecologia, Ortopedia/Traumatologia, Anestesiologia e médicos na retaguarda na Neurocirurgia e Cirurgia Cardio Vascular, com uma média de 8.000 atendimentos mês. É responsável por 100% dos atendimentos advindos do SAMU, CORPO DE BOMBEIROS, POLICIA RODOVIÁRIA FEDERAL, POLICIA MILITAR, AMBULÂNCIAS em Geral e ainda a demanda espontânea dos municípios. Único hospital da região com maternidade aberta 24 horas, credenciada ao SUS para atender Gestantes e Gestante de Alto Risco.

A estrutura física atual conta com 211 leitos divididos em clínica médica, cirúrgica, pediátrica e ginecologia/obstetrícia. Possui um CTI Adulto com 17 (leitos) e um CTI Neonatal com 06 (leitos) e Pediátrico com 04 (leitos). Atende as mais diversas especialidades, dentre elas podemos destacar: angiologia, anestesiologia, cirurgia geral, cirurgia bariátrica, cardiologia, dermatologia, endocrinologia, geriatria, ginecologia/obstetrícia, astroenterologia, hematologia, infectologia, neurologia, neurocirurgia, nefrologia, nutrologia, oftalmologia, ortopedia/traumatologia, pediatria, pneumologia, reumatologia, urologia. Dentre os serviços de alta complexidade destacam: neurocirurgia, cirurgia vascular, cirurgia cardíaca, ortopedia/traumatologia, hemodiálise, hemodinâmica, ressonância magnética e tomografia.

O Hospital São Paulo realiza uma média de 650 internações mês SUS, e uma média de 14.000 atendimentos SUS externos. O Hospital prima por uma medicina de qualidade e segurança para seus clientes, foca na humanização e acolhimento. Mesmo sabendo que a saúde não tem preço, mas tem custo, o Hospital São Paulo está sempre buscando melhorias na gestão de processos para garantir que sua missão que é promover uma assistência hospitalar humanizada com segurança e qualidade seja efetiva e resolutiva” relatou para nossa reportagem a Administração do HSP.

Ver Mais Notícias

8 Comments

  1. Temos 7 bilhões de pessoas no mundo todo e o SUS consegue SOZINHO fazer 12 BILHÕES de internações. Estamos de parabéns mesmo. Fazemos quase que o dobro da população mundial somente de internação. Ou estamos ficando muito doentes ou há algum erro ai.

  2. ESSA ESCALA AI FALANDO QUEM ANESTESIOLOGIA E MENTIRA NÃO TEM MEDICO PRESENTE SEMPRE QUE PRECISA DA ESPECIALIDADE O MEDICO E CHAMADO EM CASA ,PERINCIPALMENTE A NOITE QUANDO OCORRE CESÁRIAS OU CIRURGIAS DE EMERGÊNCIAS OS MÉDICOS TEM QUE SAIR DE DE SUAS RESIDENCIAS. ISSO E FATO

  3. Precisamos muito do HSP, só acho que a administração deveria ser mudada. Muito tempo as mesmas pessoas, algumas coisas deveriam e poderiam ser mudadas…………..

  4. Queria elogiar o hsp apesar da crise na saúde,pelo excelente atendimento que tive pela equipe de enfermagem do quarto andar setor de traumas em especial as enfermeiras Cristiane, Rogéria, Carmen,e às demais e também pela maravilhosa equipe do Dr Paulo Sérgio.parabens a todos vocês que apesar de poucos recursos e salários defasados daí a sua vida pela nossa .
    Gisley

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *