Caso das vítimas carbonizadas: Delegado Regional diz que investigação está avançando

O delegado regional da 4ª Delegacia Regional de Polícia Civil de Muriaé, Alessandro da Matta falou com nossa reportagem na manhã desta segunda-feira (22) e passou mais detalhes das investigações e identificação das duas vítimas encontradas totalmente carbonizadas dentro de um veículo Cross Fox, incendiado na estrada de chão que o distrito de Itamuri a BR-116, na região do F-2, fato ocorrido na Sexta-feira Santa.

As autoridades foram acionadas no início da manhã, quando uma procissão passava pelo local, e ainda havia focos de incêndio no carro, tendo comparecido ao local o Corpo de Bombeiros, e em seguida a Polícia Militar e a Perícia Técnica. No carro foram recolhidos aparelho celular todo queimado e uma pistola com carregador também queimados. Na estrada alguns projéteis, dando a entender que as vítimas foram executadas a tiros antes e colocadas no carro.

“Assim que tomamos conhecimento do fato, a Perícia Técnica já foi para o local e a equipe da Inteligência da Polícia Civil já começou a fazer os levantamentos. Já temos indícios da identificação das vítimas, bem como dos possíveis autores, suspeitos. Mas identificação só será possível mesmo através de exame DNA e posteriormente confrontar com alguns parentes. Independente disso, os trabalhos investigativos estão bem avançados no sentido de identificar a autoria deste bárbaro crime”, disse o regional.

Ver Mais Notícias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *