Procurado, acusado de crime contra taxista em Carangola se entrega na Polícia Civil de Muriaé

ROUBO SEGUIDO DE UM ACIDENTE AUTOMOBILÍSTICO ACONTECEU EM NOVEMBRO DE 2017 E DEIXOU O TAXISTA COM FERIMENTOS GRAVES. O delegado da Delegacia de Furtos de Muriaé, Eduardo Freitas da Silva, anunciou nesta tarde de segunda-feira que um homem procurou a Delegacia de Polícia Civil de Muriaé alegando ser o autor de um roubo contra um taxista de Carangola, em novembro de 2017, fato que terminou em acidente de automóvel.

Após feito o levantamento, o delegado constatou que realmente havia um Mandado de Prisão contra ele e que na ocasião, conforme registro da Polícia Militar, ele teria tomado um táxi pedindo para fazer uma viagem a Itaperuna-RJ, mas antes teria que pegar umas roupas na cidade de Faria Lemos. E assim teria sido feito e quando chegou a Itaperuna diz que queria retornar para Faria Lemos, fazendo novo acordo.

Chegando na cidade, disse que poderia deixá-lo na zona rural, onde trabalhava, e quando estava naquela região anunciou o assalto com duas facas, fazendo ameaças e determinou a saída o taxista do carro e foram para trás do veículo, sendo o taxista colocado no porta-malas.

A autor do roubo assumiu a direção do veículo, e após andar 1 Km rumo a Faria Lemos, bateu contra um barranco e o carro capotou, ficando de rodas pra cima. Ali ele conseguiu escapar deixando para trás o taxista que sofreu ferimentos graves, sendo socorrido pelo serviço de saúde da região.

Ao fugir, levou três celulares e um cordão de prata, e na ocasião a PM conseguiu fazer sua identificação e ainda recuperou um dos celulares em uma casa onde ele estaria morando.

“Estamos fazendo o cumprimento do Mandado de Prisão e ele, que se apresentou nesta Delegacia, será encaminhado para o presídio” disse o delegado Eduardo Freitas.

Ver Mais Notícias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Check Also

Close