Delegado da DHPP de Muriaé instaurou inquérito para apurar morte de mulher em Miradouro

UMAS DAS LINHAS DE INVESTIGAÇÃO É LATROCÍNIO

A Polícia Civil de Muriaé, através do delegado Tayrony Spíndola, da Delegacia Especializada de Homicídios e de Proteção à Pessoa – DHPP, anunciou na manhã desta terça-feira que já instaurou inquérito para apurar o assassinato a tiro de uma mulher identificada como Neuzaleia da Silva Pereira, 54 anos de idade, conhecida como Neuza, vendedora de roupas, crime ocorrido na tarde desta quinta-feira (02) na cidade de Miradouro, a 30 Km de Muriaé.

A princípio a Polícia Militar de Miradouro levantou que a vítima teria sido atingida por um tiro de raspão na cabeça, chegou a ser socorrida e levada para a UBS do bairro Cruzeiro, onde acabou dando um infarto, falecendo naquele local.

O delegado Tayrony Spíndola informou que a primeira linha de investigação é que tenha ocorrido um latrocínio, e que os trabalhos investigativos estão em andamento. Disse ainda que uma equipe do DHPP de Muriaé e da AIP (Agência de Inteligência) assumiu o caso sob sua coordenação.

10h59: As informações continuam sendo atualizadas de acordo com o pronunciamento das autoridades.

Ver Mais Notícias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *