Prefeitura de Muriaé vai iniciar as obras de drenagem na Barra e Dornelas. Serão 2.100 m de rede

Há décadas, centenas de famílias dos bairros Barra e Dornelas, sofrem com as inundações causadas pela água da chuva. Batizado de “Alagamento Zero”, o conjunto de obras foi anunciado à população, pela Prefeitura de Muriaé e o Demsur, em reuniões comunitárias, realizadas na última quinta-feira (17), na Barra e no Dornelas.

Estiveram presentes nos encontros, o prefeito Ioannis Konstantinos, “Grego”, o diretor geral do Demsur, Geraldo Júnior, o secretário municipal de Obras, Carlos Magno de Oliveira, bem como o diretor do Departamento de Águas e Esgoto do Demsur, Gustavo Goretti, e representantes das construtoras responsáveis pela execução dos projetos. Além de moradores de ambos os bairros, a reunião também contou com a presença do vereador Dr. José Carlos Cerqueira, que representou a Câmara Municipal.

As obras serão custeadas com recursos federais. As verbas estavam considerados perdidas, e após muito empenho por parte da Prefeitura e do Demsur, foram liberadas pelo Ministério do Desenvolvimento Regional, que aprovou os projetos apresentados pela autarquia.

O prefeito assinou os termos de autorização para início de obra, e pediu a compreensão da população quanto aos transtornos que serão gerados durante as intervenções, a exemplo do trânsito que será comprometido durante o andamento dos trabalhos. Grego ainda destacou que as ruas serão “entregues” aos moradores totalmente pavimentadas.

Geraldo Júnior ressaltou que o Demsur segue avançando com ações em todos os seus setores de atuação, e citou importantes obras de drenagem pluvial já realizadas, como no caso da Rua Eucário Godinho, que eliminou os problemas de acumulo de lama na região do chamado “túnel do Dornelas”, além de projetos executados nos bairros, Santana, Bom Pastor, Porto e no distrito de Vermelho.

As obras: No total, serão mais de 2.100 metros de redes de drenagem pluvial, distribuídos em três obras, sendo duas delas na Barra e uma na Rua Dr. Wilson Amaral, no Dornelas.

Barra: Na primeira etapa serão construídos 416 metros de rede de captação de água de chuva, na rua Pirapanema, com sequência pela Av. Monteiro de Castro, seguindo pela rua Antônio Rogério de Castro. O tempo estimado para conclusão da obra é de 120 a 150 dias. Já na segunda etapa, que tem início previsto até o fim deste ano, serão aproximadamente 1.400 metros de rede pluvial, incluindo as seguintes localidades: Av. Monteiro de Castro, Praça Prefeito Paulo Carvalho, e ruas, António Laviola; Rui Barbosa; Lincoln Marinho, Victor Hatadeu, Souza Castro e Dr. José Eutrópio.

Dornelas: Também como parte do “Alagamento Zero”, 306 metros de rede de drenagem serão construídos na Rua Dr. Wilson Alvim Amaral, onde historicamente, imóveis são invadidos pela água de um córrego que transborda em períodos chuvosos. A execução do projeto tem duração prevista de 90 a 110 dias.

Ver Mais Notícias

6 Comments

  1. Estamos muito felizes com o início em breve das obras de drenagem aqui na Barra. Moro a vida toda neste bairro e vejo de perto o problema de alagamentos, principalmente nas ruas: Lincoln Marinho, Vitor Hatadeu, Rui Barbosa e trecho da Avenida Monteiro de Castro em frente a Praça do Trabalhador. Esperamos de verdade que as obras englobem toda a área anunciada e os problemas de inundação finalmente termine. “O asfalto em várias ruas do bairro tbm será muito bem vindo, pois, muitas ruas aqui estão com calçamento de pés de moleque em péssimas condições.” Muito obrigado senhor prefeito, o bairro será outro, muito melhor, após o término de toda a obra!!!

  2. Kkkkk. Essa obra iniciou no mandato do Aloysio, é o recurso do corrego Santa Rita e este prefeito ai demorou 3 anos para retomar a obra. Competente ele sua equipe. Parabéns pela agilidade pra gastar o que o outro conseguiu e por rebatizar a obra…vamos ver se o seu time consegue terminar, bom em adotar filho dos outros vcs são….vem chuva ai e eleição ano que vem…

  3. É o que eu esperava, mais dinheiro nosso jogado fora. Vão capitar água e ela irá escoar para onde? Para lugar nenhum! Ela ficara empossada como sempre ficou nos remansos ou locais sem caída do rio. Não derrocam as cachoeiras do rosário e do encoberta e afundam o leito do rio para que haja caimento para que as águas escoem. Sem caída, estão fazendo mais poças de água para as águas irem a lugar nenhum!

    1. Fala besteira não “Gente do bem”! Eu sou morador da barra em uma das ruas que ficam mais alagadas, o calçamento de paralelepípedo solto em vários pontos, minha rua precisa de tudo e vem você querer atrapalhar as obras? Aposto que sua rua é asfaltada e tem rede de captação de águas pluviais, só aparece aqui para gorar as obras para o população da Barra, mas eu tenho fé que as obras irão acontecer e o problema será resolvido! Muito obrigado senhor prefeito, os moradores da Barra acreditam no senhor, você prometeu e temos certeza que as obras irão começar e terminar e as ruas do bairro irão ficar excelentes!!!!

  4. E no José cirilo?. Só em frente a casa de oração na Altino Rodrigues Pereira tem 4 bocas de lobo entupidas, causando grande transtorno nas chuvas. Até quando vamos esperar? O IPTU dobrou de valor. O descaso está aí. Na política é tanto lixo que nem boca de lobo da vazão, fica entupido mesmo. A política é lixo.

Deixe uma resposta para Morador da Barra Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *