Tamanduá-Mirim atropelado na Serra do Belvedere

O policial rodoviário, da Polícia Rodoviária Federal de Muriaé, Marcato, registrou na manhã desta quinta-feira (21), por volta das 9h, o atropelamento de um tamanduá-mirim, fato ocorrido na BR-116, na descida da Serra do Belvedere, próximo ao Radar, em Muriaé.

Há um mês, o mesmo policial registrou na BR-116, em Muriaé, o atropelamento deste Lobo Guará 

EM LEOPOLDINA, PREOCUPAÇÃO LEVA VEREADOR A FAZER PROJETO PEDINDO PLACAS ESPECIAIS NAS RODOVIAS COM O OBJETIVO DE AJUDAR NA PROTEÇÃO DOS ANIMAIS

O vereador da cidade de Leopoldina (60 Km de Muriaé), José Augusto Cabral, preocupado com os constantes atropelamentos de animais, também nas rodovias daquela região, pediu oficialmente ao Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), através de Representação aprovada na Câmara Municipal, a colocação de placas de sinalização ao longo da rodovia BR-116, alertando sobre a presença de animais silvestres.

O vereador alertou que estão ocorrendo sucessivos atropelamentos de animais silvestres no trecho da rodovia em Leopoldina, entre eles, lobo-guará, jaguatirica, cachorro-do-mato, muitos deles já sob ameaça de extinção, provocando considerável perda da biodiversidade.

“Considero de grande importância a colocação de placas informando aos condutores de veículos a presença desses animais, alertando aos usuários para que tenham atenção redobrada quando estiverem dirigindo, evitando, assim, os acidentes que podem causar danos físicos e materiais aos motoristas.

A Representação nº 32/2019, que após as discussões regimentais foi aprovada por unanimidade. O ofício do Legislativo será encaminhado ao engenheiro Márcio Gusmão, Chefe do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes – DNIT, Unidade de Leopoldina” relata o vereador José Augusto.

Ver Mais Notícias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *