Pais passam a noite na fila para garantir vagas para os filhos na Rede Municipal

Segundo a Prefeitura, matrículas começam nesta segunda e vão até o dia 6

MATRÍCULAS COMEÇAM NESTA SEGUNDA E VÃO ATÉ SEXTA-FEIRA. Nossa reportagem foi acionada no início da noite deste domingo, quando começava a chuva, para comparecer à porta de uma escola municipal do bairro Dornelas, onde já se formava uma grande fila. No local foi relatado que os pais passariam a noite na fila para garantir vaga para seus filhos, pois as matrículas iriam abrir nesta manhã de segunda-feira (02).

O problema naquele momento, era que estavam na chuva e gostariam que a Prefeitura abrisse a escola para dar mais conforto a todos. Nossa reportagem entrou em contato com a Assessoria de Comunicação da Prefeitura, que de imediato, informou que um vigia estava sendo enviado à escola e que a mesma seria aberta, bem como ocorreu em outras escolas da cidade, que também estão com o processo de inscrição aberto.

Durante a semana a Prefeitura de Muriaé divulgou que o Cadastro nas escolas municipais deve ser feito entre 2 e 6 de dezembro, no horário de funcionamento da escola (7h30 às 11h e das 13h às 16h30).

“As matrículas para creches, Educação Infantil e Ensino Fundamental de escolas municipais podem ser feitas a partir da próxima segunda-feira (2). O prazo se estende até o dia 6 de dezembro.

Para realizar a matrícula, os pais ou responsáveis devem apresentar, na escola pretendida, cópia da certidão de nascimento; comprovante de residência (conta de luz atualizada); declaração de vacinação atualizada, emitida pela unidade de saúde; e declaração de transferência para alunos que estão saindo de outra escola. Para a creche, a criança deve estar inscrita no cadastro do levantamento de demandas para 2020″ ressalta a Prefeitura de Muriaé.

Ver Mais Notícias

10 Comments

  1. Todo o ano a mesma coisa, as pessoas ficam abandonadas ao relento, sol e chuva, dependendo de vizinhos próximos à escola para se abrigarem da chuva, coisa que poderia ser evitada co a abertura da escola. Ontem não foi diferente, mas com a ajuda do site “Silvan Alves” e do “Forim” foi possível passar uma noite mais confortável dentro da escola. Espero que a direção se prepare para que no próximo ano isso não venha ocorrer novamente. Obrigado ao Silvan Alves e Forim.

  2. Todo o ano a mesma coisa, as pessoas ficam abandonadas ao relento, sol e chuva, dependendo de vizinhos próximos à escola para se abrigarem da chuva, coisa que poderia ser evitada co a abertura da escola. Ontem não foi diferente, mas com a ajuda do site “Silvan Alves” e do “Forim” foi possível passar uma noite mais confortável dentro da escola. Espero que a direção se prepare para que no próximo ano isso não venha ocorrer novamente. Obrigado ao Silvan Alves e Forim.

  3. Isso é uma vergonha para Muriaé, eu vi que essa fila já tinha iniciado ontem antes da hora do almoço, depois ficaram na chuva ! Absurdo isso existir em plena era digital, com tanta tecnologia !
    A prefeitura tem que resolver o problema !

  4. É um absurdo a Prefeitura e a Secretaria de Educação “normalizar” o absurdo. Em pleno século XXI seres humanos precisam ficar na porta da escola, de madrugada, debaixo de lonas e de muita chuva, para garantir um direito que é constituicional e universal, que é o acesso dos filhos à uma escola pública. Me dá ânsia de vômito.

      1. Eu acho um absurdo um Pai de família ter q ficar a madrugada toda em frente a um colégio pra conseguir vaga pra matricular seu filho.é só no Brasil mesmo.,depoisq esse prefeito entrou em Muriaé acabou com a cidade

  5. É lamentável no segundo ano seguinte eu e minha esposa passarmos por esta humilhação novamente para garantirmos a educação de nossos filhos, ter que passar de 07:00 de um dia até às 07:00 do outro, precisamos agradecer aos vizinhos da escola que terou os carros da garagem na hora da chuva para nós e ao Forim que tomou a atitude para entrarmos dentro da escola e ao Silvan Alves que assim como nos ajudou no ano passado este ano estava lá novamente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *