Tentativa de homicídio em Cachoeira Alegre. E casal é encontrado esfaqueado em São Sebastião da Vargem Alegre

1 de janeiro de 2017


TENTATIVA DE HOMICÍDIO EM CACHOEIRA ALEGRE

A Polícia Militar de Barão de Monte Alto registrou uma tentativa de homicídio no distrito de Cachoeira Alegre sendo vítima G.C.G.R . “Segundo a vítima, encontrava-se no interior da sua residência quando ouviu alguém lhe chamar pelo nome e ao anteder chegando à frente da residência , veio ocorrer três disparos de arma de fogo, sendo que um deles veio a atingir a região do rosto, próximo ao olho direito, e que saiu correndo para o interior da residência, onde permaneceu até ser socorrida por terceiros. Fizemos um rastreamento pelo distrito de Cachoeira a fim de localizar os autores, porém , até o presente momento sem êxito” relata a polícia. A vítima pode correr o risco de perder a visão devido ao local atingido, segundo informações. 

TRAGÉDIA EM SÃO SEBASTIÃO DA VARGEM ALEGRE

A Polícia Militar de São Sebastião da Vargem Alegre foi acionada com urgência por volta das 08h30 da manhã deste sábado para  comparecer a uma residência daquela cidade onde estaria um casal ferido tratando-se do casal, J. e C.com idades de 22 e 28 anos aproximadamente, e que tem dois filhos. 

No local os militares constataram a veracidade do fato encontrando as vítimas sobre a cama suja de sangue sendo que a mulher apresentava ferimento aparente profundo na altura do pescoço e o homem ferimento na altura do pescoço e peito, ambas as lesões possivelmente causados por arma branca (faca). Os profissionais de saúde de S.S.V.A também foram de imediato para o local prestando atendimento de socorro de urgência e constataram a morte de Gesica Aparecida Alves e o marido estava inconsciente e ainda com sinais de vida, apesar dos graves ferimentos. Ele foi levado para o Hospital São Paulo, em Muriaé. Ao ser movimentado o guarda-roupas no quarto do casal, uma faca de cozinha com cabo de madeira, de tamanho aproximado de 23 cm, suja aparentemente com sangue foi localizada. 

A Perícia regional de Leopoldina foi acionada comparecendo ao local o perito criminal,  Marcelo Valverde que fez a liberação do corpo de Gésica para o IML de Leopoldina. O Conselho Tutelar esteve presente. A linha de investigação também será de crime passional, mas as investigações continuam e estão agora a cargo da Polícia Civil, Regional de Leopoldina. 

Comente esta notícia

Seu e-mail não será divulgado. Campos obrigatórios devem ser preenchidos *

*

Scroll To Top