NOVAS NOTÍCIAS
 
 
Laboratório Ótico

Vemasa Caminhões de Muriaé lança novos modelos

25 de março de 2014


DSC02908_620x465

DSC02898_620x465

DSC02891_620x465

DSC02838_620x465

Márcio Kraus e o proprietário da Vemasa, José Eduardo e o diretor, Eduardo de Paula

DSC02901_620x465

DSC02836_620x465

A Vemasa Caminhões de Muriaé, através do seu proprietário, José Eduardo Costa e de seu diretor, Eduardo de Paula, recebeu clientes e amigos na noite desta quarta-feira para lançamento da LINHA 420 (19.420; 25.420 e 26.420)  com motor Cummins, câmbio automático, completo, cabine VW, um 100% nacional. “Estamos apresentando no mercado de Muriaé e região, o novo caminhão VW 25.420 com nova tecnologia embarcada, câmbio automatizado para facilitar a operação de clientes, maior capacidade de carga e diminuição de erros de operação por parte motoristas, e claro além da economia de combustíveis, pneus e por aí vai. O mercado de caminhões extra pesados já há dois anos consecutivos está aquecido, cresce em todo Brasil e expectativa é boa também para este ano, crescer mais que outros segmentos” disse Márcio Pereira Kraus, funcionário a montadora Man, sede no Rio de Janeiro, ressaltando também que a parceria com a Vemasa Caminhões de Muriaé é nota 10, uma vez que eles apostam na marca, nos produtos, investem na área de pós-venda, para dar sustentação ao negócio e aos clientes também. O evento contou com um grande público e também como atrações, um caminhão da Fórmula Truck e um caminhão da marca Man, além da queima de fogos, um coquetel e música ao vivo com Alexandre Louzada. VEJA AGORA A GALERIA DE FOTOS DO EVENTO clicando em “Leia Mais”.

DSC02870_620x465 DSC02813_620x465 DSC02814_620x465 DSC02816_620x465 DSC02818_620x465 DSC02819_620x465 DSC02821_620x465 DSC02824_620x465 DSC02826_620x465 DSC02829_620x465 DSC02830_620x465 DSC02831_620x465 DSC02834_620x465 DSC02835_620x465 DSC02836_620x465 DSC02838_620x465 DSC02839_620x465 DSC02840_620x465 DSC02843_620x465 DSC02844_620x465 DSC02846_620x465 DSC02847_620x465 DSC02849_620x465 DSC02850_620x465 DSC02851_620x465 DSC02852_620x465 DSC02853_620x465 DSC02854_620x465 DSC02855_620x465 DSC02856_620x465 DSC02857_620x465 DSC02858_620x465 DSC02859_620x465 DSC02860_620x465 DSC02863_620x465 DSC02864_620x465 DSC02865_620x465 DSC02867_620x465

DSC02874_620x465 DSC02875_620x465 DSC02879_620x465DSC02882_620x465 DSC02887_620x465 DSC02891_620x465 DSC02898_620x465 DSC02899_620x465 DSC02900_620x465 DSC02901_620x465 DSC02908_620x465 DSC02911_620x465 DSC02912_620x465 DSC02913_620x465 DSC02914_620x465 DSC02915_620x465 DSC02918_620x465 DSC02923_620x465 DSC02927_620x465 DSC02929_620x465 DSC02931_620x465 DSC02935_620x465 DSC02937_620x465 DSC02938_620x465 DSC02944_620x465 DSC02945_620x465 DSC02946_620x465 DSC02948_620x465 DSC02949_620x465 DSC02950_620x465 DSC02954_620x465 DSC02956_620x465 DSC02957_620x465 DSC02958_620x465 DSC02961_620x465 DSC02962_620x465

8 Comentários

  1. ei, VEMASA,
    Vendo seus caminhões de tão avançada tecnologia e capacidade, lembrei-me de meu pai, Juquinha Silvério, que Muriaé conheceu depois como mecânico e comerciante de veículos automotores ai no bairro da Barra.. Ele começou como Caminhoneiro nos tempos idos de 1930-40, e os caminhões eram só de duas marcas. Ia ele e Lau Queiroz, ambos de Mmiradouro, até Manhuaçu e Manhumirim, se amparando no meio do caminho; quando o enguiço não era do caminhão, o inferno eram os atoleiros. Os veículos tinham uma manivela na frente, que era manobrada. Para o carro pegar, tinha que dar manícula. Uma façanha a cada parada!
    Asfalto era assunto de ficção. Não se falava ainda em “Belém- Brasília, nem BR 040, nem BR116 nem em outras tantas. Postos de gasolina? Começavam a aparecer, muito distantes uns dos outros e sem nenhum outro serviço. A profissão não era regulamentada, não havia seguros, nem guinchos, nada. Hoje a profissão de Caminhoneiro está muito valorizada, exige muito preparo e é bastante fiscalizada. Quem tem juízo e bom-senso, pensa na família e em si próprio, cumpre direito os horários, etc. se dá muito bem.
    Se sair por aí era a paixão de meu pai, nos seus 20 anos de idade, fico a imaginá-lo hoje, com toda essa maravilha de Caminhões !

  2. Parabéns zė Eduardo e Dudu, sucesso para toda família Vemasa. Fico feliz, pois, meu pai Jório participou do começo da Vemasa na década de 60 com os caminhôes Mercedes, que foi o embrião do grupo veículos e máquinas s/a, felicidades a todos.

  3. Realmente concordo: Dudú e José Eduardo estão de parabéns. E, consequentemente, também Muriaé.
    Gostei do comentário de Nina .
    Conhecí muito o Sr. Juquinha Silvério de quem fui vizinho e amigo, na Rua Cel. Izalino, e igualmente, Lau Queiroz , todos amigos de meu pai Camilo Toco.
    Na década 60, meu pai tinha dois caminhões tanque, que transportava gasolina de Duque Caxias, aqui para
    a região. Era uma verdadeira maratona Me recordo bem, e com saudades, de meu pai e seus dois motoristas, meu cunhado Alaim e meu irmão Honório. Se não me engano, o Sr. Aristeu Costa, era um dos clientes.
    Repetindo: parabéns Vemasa.

  4. Ze Eduardo , Dudu e familia vemasa.Parabens,sucesso e boas vendas.Antonio Monteiro de Castro

  5. Parabéns Dudu e família, vcs merecem mesmo todo este sucesso

  6. Ê potência meu Deus, dá vontade cair na estrada

  7. Muito bom, sucesso FAMÍLIA VEMASA

Comente esta notícia

Seu e-mail não será divulgado. Campos obrigatórios devem ser preenchidos *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Scroll To Top