Polícia Civil faz prisões e apreensão de drogas na Barra. E em Divino, operação da Polícia Ambiental resgata 14 pássaros

20 de abril de 2017


OPERAÇÃO DA POLÍCIA CIVIL NA BARRA


A Policia Civil de Muriaé, através da 31 DP realizou mais uma operação no bairro Barra visando localizar e prender um suspeito de tráfico de drogas de 19 anos. 

"Após três meses de investigações a justiça criminal expediu Mandado de Prisão temporária contra o mesmo pelos delitos de tráfico de drogas, associação para o tráfico e corrupção de menores. Na casa do traficante localizada na Rua Ettori Mazzini foi apreendida pequena quantidade de droga, uma balança de precisão e cerca de R$ 600. 

Já em outro ponto da mesma rua onde uma residência foi alugada para a venda de drogas foram localizadas porções de maconha e cocaína. Um dos adolescentes que realizavam a venda no local foi apreendido, bem como o maior que deixava o local com certa quantia em dinheiro. 

Segundo as investigações o mesmo seria uma espécie de gerente do movimento. Os dois maiores presos em flagrante foram encaminhados ao presídio e o menor entregue ao responsável legal. Participaram dá operação além dos policiais da 31 DP, também os investigadores Leonardo, kelson, Gilbert, Thiago Dutra e Pablo.

O tráfico de drogas no local estava trazendo grande transtorno para a população do bairro, pois se tratava de local de fácil acesso e próximo a dois colégios públicos" relata a Polícia Civil.

OPERAÇÃO SUPRESSÃO VEGETAL DA POLÍCIA AMBIENTAL 

A Polícia Ambiental realizou nesta quinta-feira a Operação Supressão Vegetal, na região de Carangola, mais precisamente na zona rural do distrito de Bom Jesus do Divino, pertencente a Divino. 

"Atendendo denúncia 181,  equipe composta pelo SGT Madriaga e Cb Giovannoni, lograram exito em apreender em uma residência rural, 14 pássaros da Fauna Silvestre Brasileira, sendo: 02 trinca-ferros, 02 pintassilgos, 01 Cardeal, 01 Corrupião, 01 Estrelinha, 02 Canário da Terra e 05 Coleiras sendo mantidos em cativeiro em 12 gaiolas, 02 alçapões e 01 armadilha lateral de taquara com rede. 

O autor não se encontrava na residência,  não sendo localizado e sua esposa não soube informar seu paradeiro, contudo nos repassou os dados de seu esposo, que será responsabilizado posteriormente judicialmente e administrativamente. Reds encaminhado delegacia de Divino", relata a Polícia Ambiental.

1 Comentário

  1. PARABENS AO CIVIL PELO EXCELENTE TRABALHO 

Comente esta notícia

Seu e-mail não será divulgado. Campos obrigatórios devem ser preenchidos *

*

Scroll To Top