Comissão da ALMG vai à Santa Margarida e Manhuaçu

17 de julho de 2017


A Comissão de Segurança Pública da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) vai à Zona da Mata nesta segunda-feira (17/7/17), motivada pelo assassinato do cabo Marcos Marques da Silva, de 36 anos. Ele foi morto no último dia 10, durante tentativa de assalto a banco em Santa Margarida.

Às 11h30, os deputados visitam a família do policial, em Manhuaçu. O presidente da comissão, deputado Sargento Rodrigues (PDT), explica que o objetivo é, além de levar apoio e solidariedade, colocar os gabinetes parlamentares à disposição da viúva do cabo Marcos no tocante aos direitos da família, uma vez que ele foi morto em serviço.

Em seguida, às 13 horas, a comissão visita o destacamento policial em Santa Margarida, à Rua Napoleão Vieira Ferreira, s/n. “Queremos conhecer melhor as circunstâncias da ocorrência; saber porque apenas dois dos 12 policiais do destacamento trabalhavam naquele dia”, explica Rodrigues.

Os parlamentares também pretendem verificar as condições de trabalho e falar com os policiais, que estão sob o impacto do assassinato do colega. “Vamos manifestar nossa preocupação com a segurança das pessoas”, acrescenta o deputado.

Além de Sargento Rodrigues, assinam o requerimento para essa atividade os deputados Cabo Júlio (PMDB), Fred Costa (PEN), João Leite (PSDB) e João Vítor Xavier (PSDB).

Vigilante – Na mesma ocorrência, além do cabo Marcos, foi assassinado o vigilante Leonardo José Mendes, de 53 anos. Outro vigilante ficou ferido.

De acordo com a Polícia Militar, criminosos armados com fuzis e espingardas investiram contra uma agência do Banco Sicoob em Santa Margarida. Em seguida, seguiram para o Banco do Brasil, quando houve troca de tiros com os vigilantes.

Os bandidos fizeram dois reféns e fugiram em uma picape com as vítimas servindo de escudo. Na fuga, foram surpreendidos por uma guarnição da PM e reagiram, atirando. O cabo Marcos foi baleado na cabeça.

3 Comentários

  1. Deputados nenhum visita pra família do vigilante???

  2. Piada, só pode. Além de gastar nosso dinheiro com coisas inúteis ainda vem na região para se promoverem em cima do PM e do vigilante mortos. Essas audiências da ALMG nao resolvem nada, dinheiro público jogado fora. Eh melhor investir nas polícias Militar e Civil que daria mais resultado.

  3. MELHOR ELES UNIREM  AQUELES LA DE BRASILA E TENTAR MUDAR ESTAS LEIS ARQUAICAS E CADUCAS QUE CONTRIBUI PARA PARA ESTA ONDE DE CRIMINALIDADE QUE ASSOLA ESTE PAÍS.

Comente esta notícia

Seu e-mail não será divulgado. Campos obrigatórios devem ser preenchidos *

*

Scroll To Top