Morre um dos símbolos do Santana, Luis Carlos Magalhães. Pode ter sofrido descarga elétrica quando podava árvore

13 de fevereiro de 2018


BAIRRO SANTANA ESTÁ DE LUTO

Uma fatalidade matou no meio da manhã desta terça-feira, feriado de Carnaval, um dos principais símbolos do bairro Santana, em Muriaé, o líder comunitário, Luis Carlos Magalhães, 49 anos de idade.

As autoridades de socorro foram acionadas com urgência por moradores e familiares e a informações eram de que Luis Carlos Magalhães estava podando uma árvore em um terreno próximo a sua casa e acabou recebendo uma descarga elétrica violenta (galho caiu sobre a rede elétrica de alta tensão) a qual o derrubou de uma altura de cerca de 4 metros de altura caindo no terreiro de uma casa vizinha. 

A situação era muito grave, e quando o socorro chegou, constatou a morte de Luis Magalhães que era apaixonado por política, mas não teve tempo de realizar um de seus sonhos, que era ocupar uma cadeira na Câmara Municipal de Muriaé. 

O líder comunitário chegou a ocupar a presidência da famosa Associação de Moradores do Bairro Santana - AMOBASA por mais de dez mandatos. EM BREVE MAIS INFORMAÇÕES.

11 Comentários

  1. ESSE CARA  ERA  UM MITO ,UMA PENA O SANTANA PERDEU UM FUTURO VEREADOR .ERA O SONHO DELE E INFELISMENTE ELE  NAO REALIZOU ESTE SONHO E COMO SEMPRE O BAIRRO SANTANA NAO TEVE ESTE PREVILEGIO .MAS VAI DEIXAR  SAUDADES , E DEIXOU  MUITAS CONQUISTAS COMO AMBULANCIAS E SEDE DO PRESIDENTE DOS BAIRROS .PUDE CONVIVER COM ELE E VER A GRANDE PESSOA E HOMEM QUE ELE ERA  ..SENTIREI SAUDADES…

  2. Conheci mto o Luiz. Sentimento aos familiares!

     

  3. Realmente foi uma grande fatalidade. Não sei se foi esse o caso, mas isso poderia ter sido evitado se a Prefeitura e a Energisa cumprissem o seu papel que é o de manter a poda das árvores em dia, principalmente quando estão próximas das redes elétricas. Estou passando por situação semelhante na rua onde eu moro, já fiz diversos pedidos com protocolo e tudo à Energisa para a poda de arvore que está encostando na rede elétrica mas os técnicos nunca fazem o serviço. Já a Prefeitura é o mesmo problema, ou seja, um jogo de empurra que coloca em risco a vida de pessoas que tentam executar um serviço que não as cabe fazer, seja pela falta de preparo técnico ou por falta de competência legal mesmo. Que Deus conforte todos os seus familiares !!

  4. muito triste, pessoa boa e preocupada com seu bairro, luiz nos vamos sentir muito sua falta das conversas sobre politica, das articulações que você adorava, pena já começamos o ano mal, grande companheiro que não estara aqui com nós que jesus de a paz aos seus familiares.

  5. Triste! É o cidadao fazendo o que a prefeitura não faz!!! Meus senrimentos aos familiares.

  6. que deus possa conforta os familhares

  7. Lamentável a notícia do falecimento precoce de Luiz Carlos Magalhães. Conheci-o em 1988, quando da reativação da UMES (União Muriaeense dos Estudantes Secundaristas). Foi um momento de ebulição social, com o advento da Constituição "Cidadã" e a esperança no então processo de redemocratização do País. Cortês e e sempre entusiasmado, Luiz Carlos teve fundados méritos no movimento estudantil. Foi destaque, na época, a luta pela meia-passagem para estudantes. Na ocasião, entre outros colegas e amigos, participaram da UMES Clóvis Rosa da Cruz (hoje servidor do TRT-ES), Wagner Dias Rodrigues (hoje engenheiro) e Marcelo Machado (hoje educador físico), todos egressos da Escola Estadual Professor Orlando de Lima Faria,  o "Estadual". Meus sentimentos à família de Luiz Carlos.  

  8. CIDADÃO GAZENDO PODE DE ÁRVORES? PENSEI QUE ISSO FOSSE OBRIGAÇÃO DA PREFEITURA. 

     

  9. Realmente  uma fatalidade  que poderia ser evitado como sempre faltou alguma coisa, oque será?

  10. Beto do São Cristovão, 

    Luiz Carlos Magalhães é um dos fundadores da UACBEM, e dos lideres comunitários mais atuantes de Muriaé. Foi atraves de seu conhecimento que a associação de moradores do bairro São Cristovão teve o reconhecimento de utilidade publica Estadual e Federal, ira fazer muita falta pro movimento comunitário, meus sinceros sentimentos aos familiares

  11. Que lamentável! Participei de movimentos estudantis com Luiz Carlos  infelizmente perdi contato com.ele e com outros amigos do movimento UMES , mas foi um referencial para minha vida de participação política. Que Deus abençoe a família 

Comente esta notícia

Seu e-mail não será divulgado. Campos obrigatórios devem ser preenchidos *

*

Scroll To Top