Internautas de olho na cidade e região

gameleira2 (Copy)

“Quero te pedir um grande favor. Essa estrada e a da Gameleira que da acesso à Puaia, tá uma vergonha nos estamos sem estradas, divulga para mim obrigada”.

rua oncon2 (Copy)

rua inconf (Copy)

Meu nome é Juslei e moro na Rua Carlos Ivan Rodrigues da Silva, no bairro Inconfidência. Aqui não há rede de esgoto, calçamento, coleta de lixo, capina e nem limpeza. Peço pelo menos que amenizam nosso sofrimentos pois quando chove tem muito barro. Já tentei resolver junto às autoridades competentes, mas sem sucesso. Tenta resolver aí pra gente.

RUA SIMEAO1 (Copy)

“Eu queria fazer uma denúncia, na Rua Simeão Féres, próximo a caixa d´água, no escadão que sai perto da Igreja Batista, há um quintal cheio de entulho e o outro com mato e a situação esta crítica descendo o escadão. Há muito entulho, coisas velhas que pode ser criadouro da dengue e várias pessoas já tiveram dengue aqui”.

rua eduardo braga 2 (Copy)

MATO RUA EDUARDO BRAGA (Copy)

“Bom dia Silvan Alves, sou moradora do bairro Gaspar na rua Eduardo Braga e venho pedir socorro para o nosso bairro, pois em frente a minha casa tem duas posse abandonadas que os matos está imenso e já não sei a quem recorrer, pois tem muito lixo, rato e até mesmo cobras. Tenho um bebê de um ano e outro dia matei uma cobra dentro do meu banheiro. Tá insuportável a situação, enfrente minha casa tem uma árvore grande que tá cheia de mandruvá vivo, e até retirei alguns de minha varanda. Socorro, pelo amor de Deus. Essas são algumas fotos pra você ver. Já tive Dengue e não quero que meu BB também tenha. Muito obrigado desde de já”.



“Cesta Cheia” é ampliado mais uma vez em Muriaé. Cesta com produtos diversos mais leite por R$ 4

01 (Copy)

06 (Copy)

unnamed (1) (Copy)

unnamed (Copy)

unnamed (2) (Copy)A festa de lançamento da ampliação do projeto Cesta Cheia da Agricultura Familiar reuniu dezenas de produtores rurais e autoridades de Muriaé, no Teatro Zaccaria Marques, nesta quinta-feira. O Programa Cesta Cheia da Agricultura Familiar ficou ainda maior. O principal projeto agrossocial realizado em Muriaé ganhou nova ampliação e, a partir desta quinta-feira, passou a contemplar 2 mil famílias de 23 comunidades do município, entre bairros e distritos, e com um diferencial: além dos 10 quilos de frutas, verduras e legumes, cada cesta passou a contar também com um litro de leite – tudo isso repassado à população pelo preço simbólico de R$ 4. Esta é a segunda ampliação do programa em menos de seis meses. Em fevereiro deste ano, os números já haviam passado de 260 famílias em apenas dois bairros – Aeroporto e José Cirilo – para 1.200 beneficiados em 15 comunidades. Na ocasião, foram incluídos Dornelas II, Encoberta, Gaspar,Joanópolis, João XXIII (parte alta), Nova Muriaé, Padre Tiago (Vale Verde e Marambaia), Santa Terezinha, São Cristóvão, São Joaquim, São José e Vermelho. Agora, passam a ser contemplados também os moradores do Bom Pastor, Dornelas I, Napoleão, Panorama, Prainha, Santo Antônio, Santana e União. O prefeito Aloysio Aquino comemorou a nova ampliação do Cesta Cheia da Agricultura Familiar. “Praticamente dobramos o número de famílias cadastradas, passando de 1.200 para 2 mil. Se a comparação for feita com o que era praticado antes da primeira ampliação, o número atual de beneficiados é quase oito vezes maior”, destaca. Realizado pela Secretaria Municipal de Agricultura, o programa conta com a importante parceria da Secretaria de Desenvolvimento Social e das equipes de apoio dos Centros de Referência e Assistência Social (Cras), que realizam o cadastro prévio das famílias a serem contempladas. E, além de beneficiar diretamente os moradores, também ajuda a promover o desenvolvimento da agricultura familiar e o escoamento da produção rural em Muriaé. “Todos os legumes, verduras e frutas que compõem as cestas são adquiridos diretamente dos produtores rurais do nosso município”, informa o secretário municipal de Agricultura, Francisco Ofeni.



Documento perdido na área central

O funcionário público estadual, João Batista Pinheiro da Costa, perdeu seu documento, identidade funcional do Corpo de Bombeiros. O documento foi perdido na quarta-feira, possivelmente nas proximidades da Feira Municipal, Supermercado Salles e Bahamas.



Ginástica Laboral promove bem-estar em Miraí

GINASTICA CBA (Copy)

GINASYICA CBA1 (Copy)

A Unidade Miraí da Votorantim Metais realiza, há mais de um ano, uma iniciativa que vem gerando transformações nos hábitos de seus empregados. Desenvolvida em parceria com o SESI, a ginástica laboral incentiva profissionais da empresa a praticarem exercícios físicos, promovendo o bem-estar e melhoria de qualidade de vida. A atividade é realizada de terça a sexta-feira e visa evitar lesões por esforço repetitivo e outras doenças ocupacionais, além de ajudar a preparar o empregado para a jornada de trabalho. A ginástica laboral é orientada por um profissional de educação física do SESI e prioriza exercícios leves de alongamento, trabalhando diferentes partes do corpo e ativando a resistência muscular dos empregados. De acordo com o educador físico que presta o serviço para a Unidade, Antônio Nunes Lacerda, as atividades também são um momento de interação entre os empregados. “Durante 15 minutos de exercícios, trabalhamos com alongamento, limitações físicas dos empregados, usamos bolas, elásticos e fazemos atividades em duplas ou trios”, explica. Realizada em dois momentos, às 6h na área operacional e às 7h no setor administrativo, a ginástica laboral não é obrigatória para os empregados da Unidade – participa quem tiver vontade. Para incentivá-los, são realizadas campanhas internas sobre a importância da atividade física para a saúde e o bem-estar. De acordo com o operador de manutenção elétrica, Fáliques Costa Lima, a ginástica o ajudou a sair do sedentarismo. “É sempre muito bom ter este tipo de atividade, pois nos ajuda a chegar bem mais dispostos para a jornada de trabalho. Além disso, nesta hora, todas as áreas se reúnem e temos um momento de muita integração”, afirma. A enfermeira da Unidade, Amanda Ribeiro Marinho, também participa da atividade. “A experiência é fantástica. Os alongamentos fazem a gente despertar e melhorar nas atividades de trabalho, nos preparando e nos deixando mais dispostos. Já entramos bem mais relaxados”, salienta. “A Votorantim Metais tem o compromisso com a segurança e a saúde seus empregados e investe em ações de bem-estar e qualidade de vida para todos da empresa. A ginástica laboral é mais uma iniciativa que corrobora esse princípio da Companhia”, ressalta Christian Andrade, gerente das Unidades da Zona da Mata da Votorantim Metais. Para o gestor, a atividade contribui para melhorar a eficiência do trabalho e para elevar o índice de presença dos empregados, diminuindo a incidência de atestados médicos.



Missa de 7º Dia: Jairo Martins da Silva

PASTOR (Copy)

“Neste momento de dor e perda, nossos familiares convidam para a Missa de Sétimo Dia, em homenagem ao patriarca e meu sogro Jairo Martins e Silva, que ocorrerá no dia 05/07/2015, às 9 hs na comunidade Santo Expedito, bairro Cerâmica”, Sargento Gerson Rocha.

Scroll To Top