Defesa Civil lança comunicado: Rio Muriaé recebe bom volume de água com a chuva da noite de 3ª e madrugada de 4ª.

dsc_0151_620x413

Rio Muriaé na Ponte do Napoleão

dsc_0159_620x413

Rio Muriaé na região do Napoleão e Dornelas

dsc_0163_620x413

Na Prainha, no encontro das águas dos rios Preto e Muriaé

dsc_0168_620x413

Rio Muriaé na Av. JK região da Roidoviária

dsc_0172_620x413

Rio Muriaé na Ponte da Casa de Saúde, Centro

INFORMAÇÕES OFICIAIS Segundo a Defesa Civil de Muriaé nas últimas 72 horas choveu 72 mm e a média desta terça-feira está em torno dos 50 mm. O Rio Muriaé subiu 1,33 m podendo chegar a 1,44 m. A Defesa Civil entrou em contato com Miraí e foi informada que o rio de lá chegou a sair da caixa devido ao fort temporal da noite, e que já normalizou. Imagens feitas na manhã desta quarta-feira (07h).

NOTA OFICIAL DEFESA CIVIL DE MURIAÉ

"A Coordenação da Defesa Civil de Muriaé emitiu um alerta para a possibilidade de inundações pontuais devido a chuvas em Miraí, A princípio a situação está controlada, mas vale ressaltar que choveu muito na noite anterior, principalmente em Miraí, chegando a 90 mm em poucas horas, elevando o nível do rio em 3 metros (Miraí).Os reflexos em Muriaé, não causaram inundações, mais é necessário ficar atendo já que agora pela manhã devido ao volume de águas, o Rio Muriaé deve chegar a 1,48m, mas continuará dentro da caixa. A previsão é de 35 mm de chuvas para hoje, espalhados entre o dia e a noite, não sendo assim um número tão elevado, pelo espaço de tempo".

"A Defesa Civil de Muriaé segue monitorando o índice pluviométrico e opera em nível de observação na manhã desta quarta-feira. Existem condições meteorológicas favoráveis à ocorrência de chuva moderada a forte, com trovoadas e rajadas de ventos ocasionais em áreas isoladas do país e da Zona da Mata mineira. Em virtude do aumento do nível do rio Muriaé, a Defesa Civil do município faz um alerta aos moradores das regiões ribeirinhas para possíveis alagamentos pontuais. Em caso de emergência ligue para a defesa civil no 199 ou no celular de plantão 98826-9846".



Pacote contra corrupção é aprovado com várias mudanças. Caixa dois é crime e votam também punição para juizes

img2016112919276852705_620x406

img201611291943227100263_620x406

img201611292210287982862_620x406

img20161129221397929931_620x406

O Plenário da Câmara dos Deputados aprovou, na madrugada desta quarta-feira (30), o projeto de lei com medidas contra a corrupção (PL 4850/16), que prevê a tipificação do crime eleitoral de caixa dois, a criminalização do eleitor pela venda do voto e a transformação de corrupção que envolve valores superiores a 10 mil salários mínimos em crime hediondo. A matéria, aprovada por 450 votos a 1, será enviada ao Senado.

De acordo com o texto, do deputado Onyx Lorenzoni (DEM-RS), o caixa dois eleitoral é caracterizado como o ato de arrecadar, receber ou gastar recursos de forma paralela à contabilidade exigida pela lei eleitoral. A pena será de reclusão de 2 a 5 anos e multa. Se os recursos forem provenientes de fontes vedadas pela legislação eleitoral ou partidária, a pena é aumentada de um terço.

Vender voto: O eleitor que negociar seu voto ou propor a negociação com candidato ou seu representante em troca de dinheiro ou qualquer outra vantagem será sujeito a pena de reclusão de 1 a 4 anos e multa. Crime hediondo: Vários crimes serão enquadrados como hediondos se a vantagem do criminoso ou o prejuízo para a administração pública for igual ou superior a 10 mil salários mínimos vigentes à época do fato. Incluem-se nesse caso o peculato, a inserção de dados falsos em sistemas de informações, a concussão, o excesso de exação qualificado pelo desvio, a corrupção passiva, a corrupção ativa e a corrupção ativa em transação comercial internacional.

Juízes e promotores: A principal mudança feita pelos deputados ocorreu por meio de emenda do deputado Weverton Rocha (PDT-MA), aprovada por 313 votos a 132 e 5 abstenções. Ela prevê casos de responsabilização de juízes e de membros do Ministério Público por crimes de abuso de autoridade. Entre os motivos listados está a atuação com motivação político-partidária. Fonte e Colaboração na Reportagem: Câmara dos Deputados/Fotos: Luis Macedo-Câmara dos Deputados.

SAIBA MAIS SOBRE A APROVAÇÃO DO PACOTE CONTRA CORRUPÇÃO clicando logo abaixo em "Leia Mais"

LEIA MAIS. CLIQUE E VEJA A MATÉRIA COMPLETA. »



Senado aprova a PEC do “Teto dos Gastos” por 61 votos a 14. Do lado de fora confronto entre manifestantes e polícia

imagem_materia-5_620x411

imagem_materia-1_620x411

imagem_materia_620x411

imagem_materia-3_620x411

imagem_materia-6_620x411

imagem_materia-7_620x411

imagem_materia-8_620x411

O Senado Federal aprovou nesta terça-feira (29) em primeiro turno o texto-base da proposta de emenda à Constituição (PEC 55/2016) que estabelece um teto para os gastos públicos nos próximos 20 anos. Foram 61 votos favoráveis e 14 contrários. Os senadores se revezaram com discursos favoráveis e contrários à proposta durante sete horas no Plenário. Após a análise de destaques apresentados pela oposição para fazer mudanças no texto — todos eles rejeitados — a sessão foi encerrada à 0h35 da quarta-feira (30). A votação em segundo turno da PEC do Teto de Gastos está programada para 13 de dezembro.

A partir das 14h manifestantes começaram a ocupar o gramado em frente ao Congresso Nacional, que ficou completamente tomado uma hora depois, com mais de dez mil pessoas. A maior parte delas protestando contra a PEC do Teto de Gastos, ou "PEC da Morte" — como se lia em alguns cartazes —, contra a reforma do ensino médio e pedindo "Fora Temer".

Por volta das 17h15, quando se iniciou a ordem do dia no Plenário, a sessão teve de ser suspensa por alguns minutos devido a protestos verbais da presidente da Confederação das Mulheres no Brasil, Gláucia Morelli, contrária à proposta. Para ela, a PEC teria o objetivo de “entregar o país aos banqueiros”. Após isso, vários senadores protestaram devido ao esvaziamento das galerias do Plenário do Senado e pediram ao presidente da Casa, Renan Calheiros, que permitisse a entrada de representantes sindicais e outros representantes da sociedade civil.

Do lado de fora do Congresso houve confrontos entre os manifestantes e as forças policiais enquanto os senadores discursavam. Foram usadas bombas de efeito moral, gás lacrimogêneo, spray de pimenta e força física para dispersar o protesto. Pelo menos dois carros foram virados e depredados pelos manifestantes na frente do Congresso. Os policiais conseguiram dispersar a manifestação e conduzir os manifestantes para longe do Congresso, mas o confronto continuou nas imediações do Museu Nacional da República e da Catedral Metropolitana de Brasília. Houve feridos e presos.

Pouco antes das 18h, o presidente do Senado chamou o item 1 da pauta, a PEC 55/2016, e o relator, Eunício Oliveira (PMDB-CE), apresentou seu relatório favorável à aprovação da proposta e contrário às emendas apresentadas. Ele rechaçou as acusações da oposição de que o teto de gastos vai diminuir os investimentos públicos nas áreas de saúde e educação e reforçou que programas como o Fundo de Desenvolvimento da Educação Básica (Fundeb) e o Programa de Financiamento Estudantil (Fies) não terão prejuízos. A partir daí, foram quase sete horas de intensos debates no Plenário. Colaboração/Fonte: Agência Senado. Fotos: Jonas Pereira; Waldemir Barreto e Roque de Sá - Agência SenadoSAIBA MAIS SOBRE A PEC 55 - A "PEC DO TETO DOS GASTOS" clicando logo abaixo em "Leia Mais".

LEIA MAIS. CLIQUE E VEJA A MATÉRIA COMPLETA. »



Polícia Civil prende homem acusado de estupro em 2010

unnamed-3_431x465

unnamed-4_620x336

A Polícia Civil de Muriaé anunciou na noite desta terça-feira a prisão de um homem acusado em 2010 de abuso sexual contra uma criança de 7 anos de idade, que seria seu filho. O Mandado de Prisão contra o homem foi aberto devido a sua condenação pela Justiça por crime de estupro e a prisão feita pela Polícia Civil ocorreu no bairro João XXIII, através da equipe de investigadores, Flávio Vilhena, Pablo, Kelson e Thiago Dutra sob a coordenação do inspetor, Marcos Silva. Como era Mandado de Prisão o homem foi encaminhado diretamente para uma unidade prisional.



1ª Feira de Arte e Cultura na Pracinha da Prefeitura tem boa movimentação nos finais de semana em Muriaé

dsc01667_620x465

dsc01665_620x465

dsc01650_620x465

dsc01630_620x465

dsc01755_620x465

dsc01623_620x465

dsc01618_620x465

ATIVIDADES DO SESC - EXPOSIÇÃO DE BONECAS - PINTURA EM CERÂMICA -PINTURA FACIAL - PROJETO ARTE EDUCATIVO - APRESENTAÇÃO DE DANÇA. Um bom público prestigiou a Feira de Arte e Cultura neste final de semana na Pracinha da Prefeitura e a próxima etapa está marcada para os dias 03 e 10 de dezembro.

Barracas com artesanato; Feira de livros infantis; Contação de história; Música ao vivo; Serviço Gastrô; Kombeer do Beer Halls e Deck Salada Grill. Local: Praça Cel. Pacheco de Medeiros – 03 e 10 de dezembro – de 09 às 15 horas

Atividades do SESC: Exposição de bonecas no Memorial Municipal – 26/11 a 10/12; Pintura em cerâmica – 26/11, 03 e 10/12; Pintura facial – 26/11, 03 e 10/12; Projeto Arte Educativo – 10/12; Apresentação de dança – 03 e 10/12; Artesãos:Oficina de BordadosClube das Mães da Paróquia do Porto; – Encantário – Denise Acar; – Tudo de Pano – Dorotéia Paulo; – Arte & Criação – Evaldo Calcagno e Isabel Braga; – Artesanato Grupo DiVida – Grupo de Vida; – Feltros com amor – Ivete Félix; – Ateliê Laura Gouvêa – Laura Gouvêa; – Ateliê Marilane Benini – Marilane Benini; – Artesanato – Regina Faria e Zulmira Bicalho; – Souplat da Rosinha – Roanne Carneiro Santos; – Ateliê Arte Bendita – Sayonara Ribeiro. Literatura: Andréa do Valle, Angélica Matos, Elisabete de Lima Santos e Pollyana Matos.

Veja mais fotos clicando logo abaixo em "Leia Mais".

LEIA MAIS. CLIQUE E VEJA A MATÉRIA COMPLETA. »



Tragédia do voo da Chape: Presidente do NAC lamenta morte do jogador Kempes que teria passado pelo Nacional em 2003

unnamed-13_465x465

dsc05443_620x465_620x465

O jogador de futebol, Everton Kempes nascido em Carpina, no estado de Pernambuco, passou por vários clubes no Brasil e exterior e inclusive teria passado por Muriaé, pelo Nacional em 2003, uma outra fase que o NAC tentava reiniciar seu caminho de glória e chegar à elite do futebol mineiro ( Na ocasião, como repórter de TV, acompanhei o Nacional em alguns jogos, inclusive em Barbacena). O atual presidente do Clube, José Geraldo Pimentel Rocha lamentou nesta manhã a morte do jogador e de todos os demais jogadores e delegação da Chape que perderam a vida no acidente aéreo. Kempes disputaria a final da Copa Sul-americana com a camisa da Chapecoense. VEJA A LISTA COMPLETA DOS MORTOS NESTE VOO TRÁGICO. A TRISTEZA SE ESPALHOU PELO MUNDO. clicque logo abaixo em"Leia Mais".

LEIA MAIS. CLIQUE E VEJA A MATÉRIA COMPLETA. »



Reunião extra na Câmara debate trânsito muriaeense

dsc02269_620x465

Presidente da Câmara, Helena Carvalho convocou a reunião

dsc02273_620x465

dsc02275_620x465

dsc02227_620x465

Vereadores eleitos: Reginaldo, Júlio, Lelei, Celsinho, Ciso, Ivanir do Gaspar

dsc02229_620x465

Vereadores eleitos: Cheiroso, Lelei, Celsinho, Ciso

dsc02260_620x465

Vereadores eleitos: Dr. José Carlos, Ivanir do Gaspar e Reginaldo Roriz

dsc02233_620x465

Comandante 47 BPM, Ten. Cel. Ranieri e o próximo Pres. Câmara, Carlos Delfim

dsc02302_620x465

dsc02295_620x465

dsc02221_620x465

Uma reunião extraordinária convocada pela presidente da câmara Municipal de Muriaé, Helena Carvalho, na tarde desta segunda-feira debateu a atuais mudanças do trânsito muriaeense. Entre os convidados, empresários, lideranças comunitárias e políticas, PM, Corpo de Bombeiros e os vereadores eleitos, sendo que compareceram nove dos 10 novos nomes eleitos nas Eleições de outubro. A presidente da Câmara citou alguns pontos de insatisfação por parte dos muriaeenses pós mudança, e pediu para que o diretor do Demuttran, Mário Brambilla, e um dos representantes da Secretaria de Obra, falassem como foi o projeto do trânsito, bem como dar um parecer sobre as dúvidas e insatisfações surgidas. EM BREVE MAIS DETALHES DA REUNIÃO.

Scroll To Top