Sai a lista de homenageados de 06 de setembro

DSC09655_620x413

SERÃO OS HOMENAGEADOS PELA CÂMARA MUNICIPAL DE MURIAÉ NO DIA 06 DE SETEMBRO – DIA DO MURIAEENSE. COMENDA MARTINS DA COSTA: Vander Gonçalves De Oliveira; Jovino Campos Reis; Agripino Torres Filho; Elisangela Millard Correa Camerino. MÉRITO LEGISLATIVO: Rodrigo Lopes Guarçoni. MÉRITO LEGISLATIVO IN MEMORIAN: José Gomes Corrêa. AGRACIADOS PELO PREFEITO DE MURIAÉ, ALOYSIO: Magno Ernany Barbosa: Cidadania Honorária; Nádia Lisboa Beloni: Cidadania Honorária; General Floriano Peixoto Vieira: Cidadania Honorária; Geraldo Vergilino de Freitas: Honra ao Mérito; Enilson José da Silva: Honra ao Mérito. VEJA AGORA OS CINCO HOMENAGEADOS DE CADA UM DOS 11 VEREADORES “clique em Leia Mais”.

LEIA MAIS. CLIQUE E VEJA A MATÉRIA COMPLETA. »



Caminhão de entrega assaltado no Santa Terezinha

DSC00895_620x413

DSC00896_620x413

Dois homens encapuzados cercaram um caminhão de entrega de bebidas, na rua Bicas, perto do Centro Social Urbano do Santa Terezinha e anunciara o assalto, levando entre cheques, dinheiro e pertences das vítimas, mais de R$ 7 mil. A ação foi rápida e logo em seguida os autores voltaram pelo mesmo beco que saíram e possivelmente conseguiram fugir através do bairro Encoberta. A entrega foi suspensa. A Polícia Militar de Muriaé ainda procura pelos autores, usando reforço naquela região.



Diretoria Cresol se reúne em Muriaé para dois dias do Seminário do Cooperativismo de Crédito Solidário

DSC00862_620x413

DSC00853_620x413

DSC00847_620x413

DSC00816_620x413

João Paulo, Alzimiro Thomé, Getúlio Gomes e Vanderley Ziger

DSC00809_620x413

Nossa reportagem com Vanderley Ziger e com o Pres. da Cresol, Alzimiro Thomé

A CRESOL – Sistema de Crédito Rural com Interação Solidária – Central Cresol Baser em parceria com o BNDES – Banco Nacional de Desenvolvimento Social realiza em Muriaé nesta terça e quarta-feira, o Seminário do Cooperativismo de Crédito Cresol/BNDES com o objetivo de divulgar e planejar o Programa Expansão do Cooperativismo de Crédito com Interação Solidário e Inclusão Socioeconômico dos Agricultores Familiares. O evento acontece no Salão Nobre da Faminas. Na parte da manhã foi falado sobre Contextualização da Agricultura Familiar no estado, desafios e oportunidades e na parte da tarde, Expansão do Cooperativismo de Crédito no estado e Crédito como ferramenta de desenvolvimento e Inclusão. A Mesa dos Trabalhos foi formada pelo Presidente do Sistema Cresol, Alzimiro Thomé; Presidente do Instituto de Formação, Vanderley Ziger; Presidente da Base Regional de Minas Gerais, Getúlio Gomes Vieira; Representantes dos BNDES, Arthur Rezende Pinto e Danielle Didier Lyra; Presidente das Unicafes Nacional, Luis Possamai; Representantes da TRIAS, Marc Vogelaers; Diretor de Política Agrícola da Fetaemg, Armindo Augusto; Representante do Deputado Durval Angelo; Superintendente da CONAB, Osvaldo Teixeira; Presidente das Unicafes Minas Gerais, Aparecido e Presidente Fetraf, José Heleno Anacleto. ENTREVISTAS: João Paulo Dias da Fonseca – Presidente Cresol nesta região: “A Cresol em parceria com o BNDES realiza o Seminário em todos os estados onde está presente. E aqui em Minas é mais uma etapa da discussão sobre a evolução do sistema, do crédito dentro da agricultura e a importância do crédito para a agricultura familiar no sentido de criar e alavancar o crédito solidário aqui na Zona da Mata mineira”.  Getúlio Gomes Vieiras – Presidente da Base Regional de Minas Gerais: “Este seminário é fruto da conquista, da organização dos trabalhadores rurais da região iniciado na década de 90. Tão logo criado as cooperativas em 2006 a parceria com a Cresol a partir de 2008  e a filiação ao sistema em 2012 está cada vez mais proporcionando o estreitamento da relação entre as cooperativas de Minas e Paraná e agora com a parceria do BNDES, sem dúvida um grande ganho, uma grande conquista para todos, é mais investimento”. Alzimiro Thomé – Presidente da Cresol Baser: “Neste Seminário em parceria com o estado de Minas e BNDES estaremos focando o projeto de expansão no estado. Temos um termo de cooperação técnica desde 2009, iniciado em Minas com algumas lideranças do Sistema Creditag, e em 2012 filiamos as primeiras cooperativas ao Sistema Cresol e a gente aposta em um grande projeto no estado e o foco é o desenvolvimento da agricultura familiar, beneficiar as  pessoas que tem dificuldade no acesso ao crédito, ajudar as comunidades menos desenvolvidas. Soubemos que a demanda é bastante grande e o sistema Cresol ao longo dos 18 anos de existência está se desafiando nas novas realidades nesta região e no pais e estamos motivados a dar continuidade aos projetos que temos dentro do estado de Minas”. Vanderley Ziger – Presidente do Instituto de Formação e foi presidente do Cresol por 10 anos: “Minas é um estado de potencial enorme onde a agricultura familiar é forte, diversificada e tem potencial de crescimento e ainda carência com relação ao crédito por parte da maioria dos agricultores. Vamos construir instrumentos de aproximação para que os agricultores tenham acesso aos recursos, aos financiamentos para que possam melhorar sua condição de vida. A Cresol tem hoje também até linha de crédito rural para construção de casa, recursos que potencializa a vida do agricultor,  até porque entendemos que o espaço rural não é só de produção, é acima de tudo, de vida. Nesta quarta-feira terá a apresentação do BNDES e Encaminhamentos do Seminário. O encerramento será às 12h.  VEJA AGORA A GALERIA DE FOTOS clicando em “Leia Mais” LEIA MAIS. CLIQUE E VEJA A MATÉRIA COMPLETA. »



Muriaeenses na Meia Maratona do Rio

DSC00066_620x465

DSC00056_620x465

DSC00077_620x465

A Meia Maratona Internacional do Rio de Janeiro reuniu cerca de 20 mil atletas, profissionais e amadores, brasileiros de todas as partes e estrangeiros, com trajeto da Praia de São Conrado ao Aterro do Flamengo. Com um tempo de 59m57s, Geofrey Mutai bateu o recorde da Meia Maratona, que aconteceu no domingo, confirmando seu favoritismo. E lá estavam também os muriaeenses, entre eles ALBINO ROCHA (1h38m), ANTONIO (TOPA), RAFAEL GARCIA, NORMANDES, PAULO ROBERTO ( Rádio Muriaé), FELIPE MAZZINI, RENAN TOSTES, GABRIEL RODRIGUES, LUIZ BRITO, e outros. “Todos completaram a prova e aguardam a listagem oficial da organização para verem sua classificação geral e na faixa etária”, disse o veterano Albino.



Asfaltamento da Estrada Barão-BR-116

598751_365130603601151_2093134009_n_620x465

O prefeito de Barão, Bijú, o Dep. Wilson Batista e Carlos Melles, Sec. Estado Obras Públicas

Após audiência conjunta entre o secretário de estado de Transporte e Obras Públicas  (SETOP), Carlos Melles (DEM), o deputado estadual, Dr. Wilson Batista (PSD) e o prefeito de Barão de Monte Alto, Alexandre Bijú (PR), no dia 14 de março deste ano, o Departamento de Estradas e Rodagem de Minas Gerais contratou a empresa responsável pelo projeto do asfaltamento entre Barão de Monte Alto e o entroncamento da BR-116 com o distrito de Bom Jesus da Cachoeira. A etapa de elaboração do projeto entra como prioridade para o trecho, que receberá 24 Km de asfalto, ligando os dois municípios. A licitação que definirá a empresa responsável pela obra  ocorrerá logo após a conclusão do projeto. Os deputados Lael Varella (DEM) e Dr. Wilson Batista, assim como o prefeito de Barão, Bijú, estiveram ao lado do Governo de Minas para agilizar todo o processo de liberação dos recursos para a obra.Segundo Dr. Wilson Batista, a partir da elaboração do projeto, as próximas etapas poderão ser mais rápidas. “A definição do projeto é uma etapa fundamental e que tem impacto direto nas outras fases da obra. Assim que a empresa terminar o projeto do trecho, o Governo de Minas irá licitar quem será responsável pela execução, o que deve acontecer em breve”, disse o deputado.



Projeto Rio Muriaé: moradores entre a Barra e Santana serão reunidos em breve para falar sobre desapropriações

DSC00612_620x413

“Desapropriações ao longo do Rio Muriaé terão valores justos”, disse Ciribelli

DSC00615_620x413

Projeto Rio Muriaé já vai começar com encontros com moradores das margens do Muriaé

DSC00624_620x413

Vice-prefeito Ciribeli mostra a região onde começarão as desapropriações

DSC00631_620x413

Esta é uma das regiões de desapropriação na região da Barra

DSC00635_620x413

A região da Farmacêutico Álvaro de Castro, Barra terá imóveis desaproriados

APÓS DESAPROPRIAÇÕES, CONSTRUÇÃO DA AVENIDA SANITÁRIA ENTRE A FARMACÊUTICO ATÉ A PONTE DO SANTANA. Já vai começar a execução do Projeto Rio Muriaé que está divido em três etapas: Abertura da Calha do Rio, para isso Desapropriação de Imóveis da Rua Farmacêutico Álvaro de Castro à Ponte do Santana; Retirada das Corredeiras do Rio Muriaé, Construção de Avenidas Sanitárias incluindo Pontes e Construção da Barragem do Rio Preto (teria cerca de 29m de altura por 150m de largura). 1ª REUNIÃO COM OS MORADORES DA ÁREA URBANA: Podemos dizer que a execução do Projeto Rio Muriaé já começou, nesta quinta-feira já começaria o encontro como os moradores da Rua Farmacêutico Álvaro de Castro para discutir sobre as desapropriações, e posteriormente, separados por região, encontros como os demais moradores da área urbana até a ponte do Santana, mas a reunião foi adiada devido a compromissos dos representantes do Governo de Minas. “Com a falta de fiscalização e falta planejamento, a cidade cresceu para dentro do rio, por isso hoje teremos que fazer as desapropriações da Barra ao José Cirilo além de construir a Avenida Sanitária, Ampliando da Calha do Rio e tais ações vão permitir uma manutenção do Rio Muriaé” disse o Vice-prefeito Ciribelli informando que a Prefeitura de Muriaé vai atuar como interveniente no Projeto Rio Muriaé, ou seja, dando suporte, apoio, dados, uma vez que a execução é do Governo de Minas. DESAPROPRIAÇÃO E VALORES DOS IMÓVEIS: a Base Cadastral está defasada, porque muitos moradores têm cadastrado uma casa e atualmente tem mais duas ou três nos fundos, ou segundo andar. Estivemos em BH e em conversa com o diretor geral do DEOPS – Departamento Estadual Obras Públicas, o Dr. Janoti, sobre esta situação dos imóveis que não estão cadastrados por completo, e pedimos que a desapropriação teria que avaliar todo o imóvel, ser justo com os moradores que poderão informar as dimensões do imóvel e três técnicos vão ter acesso, documentar e desapropriar na situação real. “Desapropriação justa”, esse foi um pedido do Prefeito Aloysio e meu ao Diretor Geral do DEOPS que estará enviando os técnicos”, disse Ciribelli. EM BREVE VAMOS FALAR DAS DESAPROPRIAÇÕES RURAIS E SOBRE A BARRAGEM DO RIO PRETO E AINDA DE AÇÕES NO RIO MURIAÉ NA ÁREA URBANA.



Menor com droga e arma no Nova Muriaé

DSC00761_620x413

DSC00760_620x413

DSC00769_620x413

DSC00775_620x413

Um menor de 17 anos de idade foi apreendido na noite de ontem com 14 buchas de maconha, uma garrucha 380 e duas munições intactas. A Polícia fazia uma operação de prevenção e repressão no Nova Muriaé e vasculhava principalmente os imóveis vazios e em um deles estavam o menor, a arma e a droga, sendo ele apreendido pela equipe do Sargento Evandro e levado para a Delegacia de Plantão da Polícia Civil, do Safira. “Ele confirmou que a droga era dele e que vendia porque está desempregado, uma forma de ganhar dinheiro”, informou o sargento Evandro.



Motociclista sofre queda no Túnel Dornelas

DSC00730_620x413

DSC00717_620x413

DSC00734_620x413

DSC00738_620x413

DSC00757_620x413

Um motociclista que conduzia uma moto Honda CG sofreu uma queda sob o Túnel Dornelas. O acidente aconteceu nesta tarde de segunda-feira e segundo informou o condutor da moto, ele estava vindo de um lavador com seu veículo e naquela altura da via urbana, a moto deslizou e ele caiu. O Corpo de Bombeiros foi acionado e fez o socorro da vítima que aparentava ter fraturado um dos braços, mas isso seria visto após exames mais detalhados no Hospital São Paulo. Assim que houve a queda, o rapaz passou a contar com apoio de populares com relação a sua moto que foi estacionada no canto da via, bem como, a Polícia Militar que tratou de auxiliar no trânsito para que não houvesse mais acidente, pois o motociclista estava debaixo do túnel e no meio da via sentido Dornelas.



Reivindicações nos bairros José Cirilo e Safira

MORADORES DO JOSÉ CIRILO RECLAMAM DO BARRO NA RUA

DSC00135_620x413

DSC00121_620x413

DSC00132_620x413

Os moradores da Rua Rita Maria Dias de Freitas, esquina com Serafim A. Freitas, no José Cirilo, divisa com o Dornelas II, estão reclamando de uma vala ao longo da mesma que foi deixada pelo Demsur na ocasião da abertura para levar uma rede até ao Dornelas II. “Os transtornos são muitos, carro e moto não sobem se estiver molhado, e fora que chegamos sujos ao trabalho ou a outro compromisso. Eu mesmo cai de moto com minha esposa esta semana quando descia a rua”, disse o morador, Maicon Vasconcelos. ILUMINAÇÃO PÚBLICA: “reivindicamos ainda iluminação para este trecho, está um perigo esta escuridão, temos aqui boas casas e preocupamos com a segurança também. Por isso fazemos este apelo”, disse uma moradora.

MORADOR RECLAMA DE REDE DE ESGOTO DE MANILHA QUE ESTOUROU NO SAFIRA

SAM_2871_620x465

SAM_2869_620x465

SAM_2870_620x465

“Estou lhe enviando as fotos do esgoto público, que estourou dentro da minha casa na Rua Elizabeth de Almeida, no Safira. Trata-se de uma rede antiga feita com manilhas que estava danificada. Peço que dê atenção ao caso, pois minha casa está em risco de novo vazamento. Minha escada está em risco, oca por baixo, tive prejuízos com móveis da minha cozinha comprados este mês e que estavam próximos ao local do vazamento. Aguardo uma solução dos órgãos públicos”, disse Marcelo Roriz. Segundo informações a rede da rua já foi recuperada neste segunda.

Link da reportagem já enviado para a Assessoria de Imprensa do Demsur. Resposta será inserida neste mesmo espaço.

Scroll To Top